Confira os tipos de Fibras Têxteis e as regras de etiquetagem

A Fibra Têxtil é a matéria-prima a partir da qual os tecidos são produzidos, as fibras são transformadas em fios pelo processo de fiação e os fios são transformados em tecido, as fibras são classificadas em fibras naturais e fibras químicas.

  • Fibras naturais são encontradas na natureza e precisam de poucos processos para serem transformadas em fios, podem ser de origem animal ou vegetal. Exemplo de tecido vegetal é o algodão e de origem animal a lã e a seda.
  • Fibras químicas são produzidas artificialmente através de processos químicos e são divididas em dois grupos: as artificiais e as sintéticas.

As fibras artificiais são produzidas quimicamente com fibras naturais, geralmente celulose de diversos tipos. As principais fibras artificiais são a viscose e o acetato.

As fibras sintéticas são produzidas por matéria-prima não natural geralmente advindas das indústrias químicas e petroquímica. As principais fibras sintéticas são poliéster, a poliamida e o elastano.

Tipos de tecido

São dois tipos de tecido: os tecidos planos e as malhas. Os tecidos planos são, basicamente e na prática, os que não esticam (ou esticam bem pouquinho) e as malhas possuem bastante elasticidade. Geralmente, o que permite que o tecido estique é o elastano e a capacidade de esticar vai depender da porcentagem de elastano na composição do tecido, quanto maior a quantidade de elastano no tecido, maior será sua elasticidade.

Os tecidos planos são utilizados para produção de peças mais estruturadas e peças que não precisam de elasticidade, as peças sob medida geralmente são produzidas em tecido plano. Esses tecidos possuem algodão na composição possuem um toque agradável e são confortáveis em dias quentes.

As malhas são usadas para a produção de roupas justas ao corpo, as peças que necessitam da elasticidade para ajustar ao corpo, ao produzir o fabricante deverá ficar atento a capacidade da peça de esticar.

Peças fluidas de modelagem amplas também ficam ótimas em malha, dão um ar despojado e confortável a quem veste.

Etiquetagem de produtos têxteis

Por força de lei, todos os produtos têxteis necessitam de etiquetas: roupas, colchões, toalhas de mesa, toalhas de banho, almofadas. As etiquetas devem estar afixadas à vista do consumidor.

As informações das etiquetas dos produtos têxteis podem ser comparadas aos rótulos dos alimentos, as etiquetas informam sobre a composição, a origem e os cuidados de conservação do produto, são de extrema importância principalmente para pessoas que são alérgicas a determinadas fibras.

As informações das etiquetas devem ser lidas e compreendidas, muitas pessoas retiram a etiqueta assim que compram o produto por achar que elas incomodam. Ao fazer isso as informações sobre como lavar, secar e passar são perdidas.

A afixação da etiqueta é obrigatória e deve estar sempre à vista do consumidor

O produto têxtil deve conter as seguintes informações: nome, razão social ou marca registrada do fabricante, a identificação fiscal do fabricante, país de origem, nome das fibras e seu conteúdo expresso em porcentagem, indicação do tamanho e, pelo menos, os cinco principais tratamentos de conservação do produto (por símbolos ou texto).

Gostou? Tem alguma dúvida ou sugestão para compartilhar com a gente? Comente abaixo.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*